Localização
Informações de Contato

Doenças Oculares

 Home / Doenças Oculares
Ceratocone

Ceratocone

Definição

Ceratocone é um distúrbio progressivo no qual ocorre afinamento e abaulamento da córnea, alterando o seu formato para a forma de um “cone”. Essa deformação na córnea provoca miopia e astigmatismo, com embaçamento e distorção das imagens.

O ceratocone aparece geralmente na adolescência ou em adultos jovens e pode progredir até 35 a 40 anos de idade. Ambos os olhos são afetados em quase todos os casos, porém um dos olhos geralmente é mais afetado que o outro. Ocorre em torno de 1 para cada 2000 pessoas. Homens e mulheres são afetados na mesma proporção.

As causas específicas dessa doença não são conhecidas, mas a origem mais provável é a genética. O papel da hereditariedade não foi claramente definido e a maioria dos pacientes não apresenta casos na família. Os descendentes de pessoas com ceratocone são afetados em 10% dos casos.

Apresentação do ceratocone

Geralmente inicia na puberdade com déficit visual unilateral devido à miopia progressiva e astigmatismo. O paciente pode relatar mudanças freqüentes na prescrição dos óculos ou diminuição da tolerância ao uso de lentes de contato.

Diagnóstico

É feito através da observação de sinais característicos no exame oftalmológico e com exames complementares como a topografia de córnea. A característica principal do ceratocone é o afinamento da córnea com protrusão/abaulamento apical e astigmatismo irregular.

A topografia corneana mostra a imagem do formato e curvatura da córnea. É o método mais sensível para diagnosticar o ceratocone inicial quando há apenas suspeita da doença e para monitorizar a progressão da mesma.

Tratamento

- Óculos: nas fases iniciais quando o astigmatismo irregular é pequeno.

- Lentes de contato rígidas: para astigmatismos mais altos.

- Anel intracorneano: indicado quando paciente tem dificuldade visual com óculos e intolerância ao uso de lentes de contato. Tem a função de melhorar a visão através da regularização da córnea, diminuindo o astigmatismo e/ou curvatura da córnea.

O anel de acrílico é implantado na periferia da córnea através de uma microincisão sob anestesia tópica (colírio anestésico).

A cirurgia tem duração de aproximadamente 30 minutos e o anel fica implantado no interior da córnea. Tem a vantagem de ser uma técnica reversível, ajustável e indolor. Normalmente é necessário usar lente de contato ou óculos para corrigir o grau restante.

- Crosslinking: indicado pra evitar a progressão do ceratocone nos estágios iniciais. Esse tratamento aumenta o número de ligações covalentes entre as fibras de colágenoda córnea para fortalecer e enrijecer a mesma, estabilizando a doença.

O Crosslinking é realizado na Europa desde 2000, apresentando excelentes resultados e risco mínimo de complicações.

Etapas do crosslinking: anestesia tópica (colírio), remoção do epitélio da córnea com uma espátula, instilação de coírio de riboflavina (vitamina B2) e aplicação de luz ultravioloeta (UVA) por 30 minutos.

- Transplante de córnea: indicado nos casos de ceratocones avançados, nos pacientes que não conseguem mais adaptar lentes de contato, quando a córnea apresenta cicatrizes ou afinamento excessivo.

No transplante, a parte central da córnea doente é substituída por uma córnea sadia de um doador. As duas principais técnicas são:

  1. Transplante penetrante: a espessura total da córnea é trocada. É a técnica mais realizada.
  2. Transplante lamelar profundo: apenas as camadas anteriores da córnea são removidas, mantendo a porção interna da córnea do paciente.
    As vantagens dessa técnica são: menor risco de rejeição e de infecção, menor tempo de recuperação, maior sobrevida do transplante.

Informações de Contato