Localização
Informações de Contato

Doenças Oculares

 Home / Doenças Oculares
Erros de Refração

Erros de Refração

Definição

Ametropias, vícios de refração ou erros refracionais são um grupo de desajustes no sistema óptico do olho que leva à dificuldade visual. Essas alterações são: miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.

Miopia

É uma condição na qual a pessoa tem dificuldade de ver objetos que estão longe, embora a visão de objetos que estão perto seja boa. Veja mais

Hipermetropia

O hipermétrope possui visão borrada (sem nitidez) para objetos localizados próximos ao olho; geralmente a visão de longe é boa se o grau não for muito elevado. Veja mais

Astigmatismo

Causado por irregularidades ou diferentes curvaturas da córnea ou alterações do cristalino, formando uma imagem em planos diferentes e distorcida. Veja mais

Presbiopia

Presbiopia ou Vista Cansada é uma alteração natural da visão com diminuição da capacidade do olho de focalizar de perto em função da idade. Veja mais

Cirurgia Refrativa

Cirurgia refrativa é o nome dado às cirurgias que visam a mudança da refração dos olhos e conseqüente correção dos erros de refração, como miopia, hipermetropia e astigmatismo. A cirurgia a laser é realizada com sucesso em milhares de pessoas em todo o mundo. É uma das áreas da oftalmologia que mais se desenvolveu nos últimos anos.
A cirurgia refrativa a laser corrige o “grau” do paciente através da aplicação de laser na córnea. O laser modela a córnea alterando o seu formato, promovendo uma mudança no ponto de focalização e fazendo a imagem se formar na retina dando uma visão nítida. O objetivo dessa cirurgia é permitir ao paciente independência do uso de óculos e lentes de contato.

Quais são as técnicas cirúrgicas?

O paciente deve ser examinado cuidadosamente com um exame oftalmológico completo e com exames complementares específicos para definir qual a melhor técnica cirúrgica para cada caso. As técnicas mais utilizadas são:

LASIK (Laser-assisted in situ Keratomileusis): é realizada uma delaminação da córnea com o uso de um aparelho chamado microcerátomo ou com o uso do laser de femtosegundo, formando um flap corneano. Esse flap é levantado para a aplicação do laser nas camadas internas da córnea e depois o mesmo é reposicionado.

PRK (Photo Refractive Keratectomy): a camada mais superficial da córnea (epitélio) é retirada e o laser é aplicado sobre a superfície da córnea sem realizar a delaminação da córnea. A recuperação visual é mais lenta que na técnica do LASIK.

PRK (Photo Refractive Keratectomy): a camada mais superficial da córnea (epitélio) é retirada e o laser é aplicado sobre a superfície da córnea sem realizar a delaminação da córnea. A recuperação visual é mais lenta que na técnica do LASIK.

Em ambas a técnicas a anestesia é tópica, com uso de colírio anestésico e o paciente vai para casa logo após a cirurgia (não há necessidade de internação). A cirurgia tem duração média de 15 minutos, mas a aplicação do laser dura somente alguns segundos. São prescritos colírios de antibiótico, antiinflamatórios e lubrificante ocular no pós-operatório. A pessoa poderá trabalhar no dia seguinte à cirurgia, dependendo das condições do ambiente de trabalho (sem poluição) e se sentir apta às suas atividades.

O que é cirurgia refrativa personalizada?

É a cirurgia refrativa a laser realizada “sob medida” para cada paciente. Dois olhos com o mesmo grau não são necessariamente iguais em relação a outros parâmetros. A cirurgia personalizada não se restringe a corrigir apenas os erros de refração, mas avalia as características individuais de cada olho para programação cirúrgica específica.
A tecnologia atual nos permite avaliar imperfeições ópticas chamadas de aberrações. Estas aberrações afetam a qualidade de nossa visão, distorcendo as imagens e provocando sintomas como visão com sombras, reflexos, ofuscamento e outros efeitos visuais desconfortáveis. O tratamento personalizado visa corrigir essas aberrações ópticas e não induzir mais aberrações, melhorando assim a qualidade da visão do paciente.

Quem pode ser submetido a essa cirurgia?

A cirurgia refrativa a laser é indicada para correção de miopia, astigmatismo e hipermetropia. O candidato ideal para essa cirurgia deve ter:

  • idade acima de 21 anos
  • grau estabilizado
  • córneas saudáveis
  • ausência de doenças oculares
  • discernimento para aceitar possíveis riscos e complicações (que apesar de muito raros, podem ocorrer).

No pré-operatório são realizados exames específicos, e somente após a análise desses exames são determinadas as condições para a realização ou não da cirurgia e qual a melhor técnica a ser aplicada para cada paciente.
Entre os principais aspectos para uma intervenção segura e bem-sucedida estão: a seleção do candidato, a capacidade de compreensão, os prós e contras da intervenção cirúrgica e o seguimento rigoroso das orientações médicas no pós-operatório.

Informações de Contato